Marketing offline vai morrer?


Quantas pessoas me fazem essa pergunta, eu dou um sorriso e analiso a idade dessa pessoa!

O marketing offline nunca vai morrer, assim como acharam que o rádio iria falir quando a tv tomou conta e está vivo até hoje.O que muda é a forma de divulgar, pois a cada evolução mudamos o conceito e o jeito de trabalhar.

Os impressos, a tv o rádio estão vivos e são ferramentas fantásticas se trabalhada com foco e planejamento. São um conjunto de ações que fazem a divulgação dar resultado ou não.

Uma frase que uso muito é “Não existe segunda chance para a primeira impressão” e em uma rodada de negócios ou nos encontros do dia-a-dia o cartão de visita é sempre uma porta de entrada para um bom network.

Porém a identidade visual da ação tem que estar em conjunto, todas elas precisam de conversar entre si.

Ainda que o custo do offline é bem mais alto que as estratégias online, porém é preciso analisar qual público você quer atingir, que rotina ele tem e quais os valores dele. Com essas informações você faz uma estratégia de ação.Hoje o marketing offline serve de suporte para o marketing online.

É isso mesmo, se usado corretamente você com o marketing off consegue atrair pessoas para seu marketing on, como: Promoções, curiosidades, desafios entre outras estratégias.Usar de isca ou até mesmo uma ótima primeira impressão do potencial de sua empresa.Invista em marketing sendo ele on ou off, contrate um profissional para te ajudar a alinhar as ações em conjunto e tenha sucesso com sua marca.

Até mais ....

Janaina Ramos

Formada em Publicidade e Propaganda , Pós Graduada em . Comunicação e Marketing Digital. Diretora da 8 to One, Diretora da Zum Produtora e membra do COMTUR (Conselho de Turismo de Sertãozinho/SP)

Comunicativa, pró-ativa, criativa, curiosa e facilidade para liderar.

Difícil foi não ficar fora da comunicação, cresci vendo meu pai trabalhando com rádio, jornal, revista e TV.E de maneira natural fui envolvida desde pequena, aprendendo os meios de comunicação pelos bastidores.

Com 16 anos comecei minhas primeiras artes ajudando na diagramação da coluna social em um jornal na cidade.Sempre disposta a aprender e vencer os desafios.Adoro uma mesa de brainstorm, acredito que todo publicitário tem um pouco de loucura "tenho uma pitada a mais".Feiras, eventos, fechamento de arte, arte de bordado, trabalho manual, muvuca, malhação, netflix e world of warcraft.

Simplesmente EU.

#Empreendedorismo #Internet #Google #Comunicação #Marketing

17 visualizações
  • @8toonemkt
  • @8toonemkt

Todos os direitos reservados da 8 to One

  • 8 to One
  • 8 to One